segunda-feira, 31 de maio de 2010

Turning on


Por conta de um projeto retomado, hoje perguntei no Twitter o que seduzia meus seguidores. As primeiras respostas foram masculinas: cabelo comprido e bem tratado + lingerie. Na sequência, a ala feminina se manifestou: a campeã no quesito sedução é a inteligência masculina. Uma das seguidoras rebateu quase numa crítica: os homens são mais visuais, não todos, ela ressaltou, mas a esmagadora maioria. É, pode ser, mas há algumas boas, raras e deliciosas surpresas nesse caminho.

Acho meio óbvio um homem deixar-se seduzir por uma lingerie ou teatrinho feminino, como desfilar longas madeixas (mesmo que sejam aplique), mexer o cabelo pra lá e pra cá, cruzar as pernas ensaiadamente, e todo o resto que todo mundo sabe. Meio óbvio também é a sedução (ou tentativa de) via artifícios que deixam desconfortável grande parte das mulheres (poucas são as que gostam de verdade).

Por conta desse conversé todo, eu me lembrei das melhores seduções ever: a sedução da leveza, da alegria, da confiança e do prazer em estar junto e pronto. Acredito que essa seja a mais difícil sedução a se atingir, há que se ter muita transparência e um amor livre de um tanto de máscaras para relaxar nesse nível.

Não nego a importância de um mimo vez por outra, mas, vamos combinar, compartilhar alegria e espalhar-se em cumplicidade é a melhor de todas as "100 maneiras de seduzir seu homem ou sua mulher". Não é?

Fica a dica, principalmente para a mulherada que frequenta cursos de malabarismos sexuais e consome produtinhos demais para agradar sua cara-metade: espontaneidade pode ser o melhor afrodisíaco.

Beijos ;)

3 comentários:

ilqsantos disse...

Tb acho praticamente impossível um homem não se deixar seduzir por uma bela lingerie e um cabelo maravilhoso. O problema, se é q podemos chamar assim, é quando apenas o visual interessa. Mulheres tb admiram o corpo malhado de um homem e/ou um corte de cabelo moderno, por exemplo. Mas no meu modo de ver, acho q a maioria das mulheres consegue enxergar além disso. Alguns homens tb conseguem, são as raras e lindas surpresas q vc mesma disse q a gente encontra pelo caminho. Mas mesmo assim acredito q a mulher tem uma sensibilidade um pouco maior.
Enfim, acho q o mais importante é encontrar um equilíbrio. O belo faz bem aos olhos, não dá pra negar. Mas inteligência, alegria, cumplicidade, bom humor e sensibilidade não fazem mal a ninguém.
Como diz um trecho de uma das crônicas sobre amor de Arnaldo Jabor, um dos maiores cronistas e escritores do Brasil. ''Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.''

Anônimo disse...

Adorei!!! bjus

Augusto Branco disse...

Va bene... Não sei mais falar dessas coisas de sedução - nem sou mais homem!rs Mas lembro que eu gostava sempre do jeito gostoso de sorrir de minhas amadas, e da forma como elas se deleitavam em meus braços, cheias de dengo e preguiça...

Bom... aproveitando que estou por aqui, uso este comentário para cumprir o que sempre digo: os amigos sabem primeiro!rs

Veja,bebê, agora é oficial. A Booksmile anunciou o livro VIDA na coluna de próximos lançamentos da editora. Nem tem matéria a respeito,ainda, por que só agora soube da notícia, e preciso enviar um vídeo pra eles. Mas vc e mais duas amigas já estão sabendo de ante-mão, e nesta semana a notícia deverá começar a correr!rs

Segue o link:
http://blogue.booksmile.pt/

Beijão pra você, bebê!!