quinta-feira, 19 de março de 2009

Um tapinha não dói


Gente, ninguém comentou publicamente o último post (Raso ou profundo), mas eu recebi 12 e-mails falando sobre o conteúdo, principalmente da ala masculina. Calma, homens leitores deste blog... sim, escrevi meio passada com a história de uma amiga que tem uma má sorte danada com sujeitos de uma saída só, mas, isso não quer dizer que todos os homens sejam cafajestes, não é?

Aliás, a maioria dos homens que conheço é super-bacana, querem compromisso e se esmeram para. Por que é que vocês ficaram tão irritados???

Teve um que me mandou casar, rs, achando que isso mudaria a minha opinião, como se eu fosse desistir da conquista diária por conta de um papel... Peralá... também não sou a rainha da cocada, só me esforço, afinal, já tendo vivido algumas experiências, sei onde errei e, francamente, não quero repetir. Nem que repitam comigo!

Então, queridos, relaxem. Foi um tapinha, sim, mas tapinha de amor não dói ;)

Um beijo

Nenhum comentário: