segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Em bom português


Ok, pessoas, antes do desfile de 7 de setembro, a tradução do sermão do padre Flynn :)

Beijos, bom feriado!

"O que fazer quando não temos certeza? Esse é o tópico do meu sermão de hoje.

Quando o presidente Kennedy foi assassinado no ano passado, quem de nós não se sentiu perdido, em profunda desorientação, sem esperança? 'Para onde ir? O que fazer? O que digo para os meus filhos? O que digo para mim mesmo?'

Foi um tempo de sentarmos juntos, unidos no sentimento de falta de esperança. Mas, pense nisso: seu desespero era o que o ligava ao seu companheiro. Foi uma experiência pública terrível, mas estávamos nela juntos.

Imaginem o quão pior é para um homem solitário, uma mulher solitária atingidos por uma tragédia particular... 'Ninguém sabe que estou doente, ninguém sabe que perdi meu querido amigo, ninguém sabe que fiz algo errado'. Imaginem a solidão. Agora você vê o mundo pela janela: de um lado do vidro, pessoas felizes e sem problema e, do outro, você.

Quero contar uma história. Uma noite, um navio cargueiro foi a pique e pegou fogo e só um marinheiro sobreviveu. Ele achou um barco salva-vidas e, por ser marinheiro, elevou seus olhos ao céu, guiou-se pelas estrelas e determinou o caminho. Mas, as nuvens chegaram e ele não pôde ver as estrelas pelas próximas 20 noites.

Ele achou que estava no caminho certo, mas não tinha certeza. E enquanto o tempo passava e o marinheiro ficava mais fraco, ele começou a duvidar. Ele estabeleceu o caminho certo? Ainda estava a caminho de casa? Ou estava perdido e condenado a uma morte terrível? Não havia como saber. Teria ele imaginado a mensagem das constelações por conta das circunstâncias? Ou teria ele visto a verdade e tinha que acreditar nela sem uma confirmação?

Alguns de vocês aqui hoje conhecem essa crise de fé que descrevo e quero dizer a vocês: a dúvida pode ser um elo tão forte e duradouro quanto a certeza.

Quando você está perdido, você não está só."

Um comentário:

Gil disse...

joguei fora todas as minhas certezas esse ano, ou melhor nao as joguei fora, bati no liquidificador , coloquei um pouco de tudo... de tudo que ouvi, que li, que estudei, que ouvi por aí...e ainda nao saiu nada...ou melhor , vou experimentando um pouco cada dia e vejo que a vitamina ainda nao está pronta... ou ainda não está com o gosto que eu quero... será que um dia vai ter?