segunda-feira, 3 de agosto de 2009

... digite 0 para falar com nossos atendentes


Pela primeira vez, vou publicar um post nos meus dois blogs, tamanha é minha insatisfação com a Tim.

A gente sabe que o atendimento telefônico das operadoras de celular + Telefônica é péssimo. Todo mundo já experimentou a sensação de impotência cada vez que precisa resolver um problema ou cancelar um serviço por telefone. Ainda assim, hoje eu cheguei ao limite da frustração depois das inúmeras tentativas de ter o que é direito meu, pelo qual pago todo mês.

Todas as atendentes com quem falei foram “educadinhas”: mesmo tom de voz, mesmo script, mesma falta de interesse e, pior, mesma falta de capacidade. Começo a desconfiar que essas empresas contratam pessoal desqualificado justamente para manter o serviço ruim, para ficar barato oferecer um telemarketing “só para constar”, para se enquadrar na legislação do consumidor. Não é possível que a intenção seja ajudar o cliente, não é possível. Se fosse, seria fácil fazer.

Foram 8 ligações, 17 atendentes, 6 números de protocolo. O saldo foi um patético “aguardar 5 dias”. Aí eu perguntei: quem vai pagar pelos 8 dias (3 já vividos e os próximos 5) sem o serviço? A resposta? “Isso eu não posso responder, senhora”.

Até quando nós continuaremo suportando esse desrespeito? O pior é que, ainda por cima, dá preguiça de procurar os órgãos competentes (?) para oficializar a queixa. Só de pensar no cansaço que isso dá e na ineficiência da coisa, eu prefiro trocar de operadora. Dá trabalho também, mas pelo menos o recado fica claro.

Na altura do campeonato, eu nem me aborreceria se alguém me dissesse “estamos com problemas técnicos, retomaremos à normalidade em 5 meses”. Adoraria a verdade a ver a minha inteligência subestimada de maneira tão aviltante, e minha paciência testada de forma tão estúpida.

Como é inútil tentar comunicação através do site da Tim (believe me, I tried), além dos blogs, vou espalhar meu descontentamento pelas mídias sociais, assessorias de imprensa e jornais. Quem sabe alguém me ouve, né? Eco entre os leitores eu sei que encontrarei, resta saber se alguém teoricamente responsável por resolver alguma coisa será capaz de cumprir sua função. Na torcida, afinal, é só o que me resta por ora.

3 comentários:

Felipe Agne disse...

Oi Acácia,


Problemas com a TIM? Mandamos eles passearem no ano passado. Trocar de operadora é a melhor resposta. Bom post, pena que para as operadoras a gente não existe nem como empresa, que dirá Pessoa Física.

Abraço!

__________________________________
[ Felipe Agne | Departamento de CRM ]

Nelson disse...

Oii Acácia,bom dia.
Eu tô imaginando o q vc passou, já estive na mesma situação com a mesma operadora, é horrível, tira nossa pasciência, estraga o dia, dá impressão que estamos pedindo algo emprestado q não é nosso direito.
Tem um programa na rádio Bandeirantes de manhã chamado Pulo do Gato com José P. de Andrade conhece?
é um programa legal pra protestarmos, eles tem um quadro lá pra esse tipo de problema.Devemos deixar a preguiça de lado e denuncíar.È nosso direito.

Bjão ,NELSON

Maristela Souza disse...

Pois é amiga!
O pior que a incompetência não são dos funcionários, mas sim, da própria operadora. Pois, já trabalhei na parte de atendimento da companhia de eletricidade... coisas do Brasil!