domingo, 18 de outubro de 2009

O futuro que chega


Pois bem, o final de semana com uma hora a menos termina. Cansada, corpo dolorido da mudança, desacelerando depois do vinho, mas eu estava com tanta saudade do blog, tanta, tanta, que não resisti: aqui cheguei e vou aproveitar para desafogar o coração.

O dia foi emotivo, meio festeiro meio despedida. Depois de 5 anos vivendo nessa casa como se estivesse de passagem, a sensação que tenho é que encontrei um lar. A casa nova é linda, tem jeito de morada mesmo, tem espaço para viver nela com muita música, comida boa, gente e luz (tem música do Pearl Jam no título, ouvi tanto hoje junto com Norah Jones).

Ainda vai levar um tempo para que ela fique perfeita, a reforma é longa. Mas, já dá pra vislumbrar: as fotos estão por lá, os CDs,a cozinha já desenhou os cafés-da-manhã e, nos armários, roupitchas penduradas! Tem até quarto de hóspedes e minha mãe será a primeira a inaugurá-lo (bonito, né?).

Eu queria contar mais, a vida mudou tanto, mas meu corpo pede cama. Ainda por cima, tem horário de verão pra confundir só um pouquinho mais ;)

Beijo procês, boa semana.

Nenhum comentário: