sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Nossos ventos


A manhã foi rica em assuntos para a blog, mas uma coisa está gritando pra mim desde ontem: não precisamos de ingênuos novos que desconheçam nossas fraquezas para continuar alimentando-as. O que a gente precisa é de verdade e gente comprometida capaz de nos amar mesmo conhecendo essas fraquezas.

Pular de galho em galho é mais fácil, mas uma hora cansa. A riqueza é criar raízes.

Um comentário:

Gil disse...

meu comentário é sobre o próximo post - o que ainda não foi postado - cade os posts? segunda precisa! beijo