sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Entre o vermelho e o cor-de-rosa


Lembram a história do cliente de produtos eróticos? Pois é, uma das ações que pretendo lançar é um encarte de contos e, pra isso fiz uma pesquisa entre algumas amigas a respeito de um blog a que tive acesso. Queria saber a opinião feminina sobre os textos, já que os homens falam mais sobre o assunto e é fácil saber do que gostam.

O tal blog, do qual gostei muito by the way, alterna entre intenso romântico e intenso picante e as meninas foram bem unânimes em dizer que preferem a espiral menos explícita, uma coisa mais sutil, sem o uso de algumas palavras. Comentando com um amigo sobre o resultado dessa pequena "enquete", ele riu: mulheres são, definitivamente, mais "retraídas" quando o assunto é sexo.

Particularmente, eu achei que isso havia mudado bastante. Entretanto, o que eu vi entre as amigas com idade entre 25 e 40 foi o mesmo desejo pelo romance mais "meigo", embora algumas tenham confessado um certo "calor" em alguns trechos do blog.

No post anterior falei sobre amor X dinheiro X dependência. Talvez, a gente encontre nessa singela pesquisa um denominador comum: a liberdade e o prazer femininos têm um caminho muito longo a percorrer e certamente não é igual (e nem precisa ser) ao masculino. Mas, de alguma forma, tudo isso transita pela independência profissional e financeira da mulher, reflexo de menos medo do pecado, menos apego à culpa, menos medo da solidão que se julga companheira da liberdade.

Isso não é uma bandeira e juro que não pretendo elaborar um tratado sobre a emancipação feminina. É só o gosto pelo pensar mesmo, uma tentativa de entender um pouco mais a meu respeito. E, claro, compreender essa relação tão delicada-profunda-difícil-e-boa que é a nossa com os homens que amamos tanto.

Beijos, bom final de semana ;)

3 comentários:

G. disse...

poxa , das amigas só eu curti o blog? entao temos mesmo que pensar nisso heim. tem espaçp aí sim. tem sim. by the way, amei o "by thw way"

G. disse...

amei a imagem, amei o titulo do post tb!

Augusto Branco disse...

Me eximo de comentar a respeito: foi falando sobre o comportamento feminino que encontrei você brava comigo certa vez...rs
Beijo!!!