terça-feira, 2 de março de 2010

Thank you


Encontrei uma querida amiga hoje. Nos vemos muito pouco, apesar de nos falarmos todos os dias. Engraçado que, quando a gente se vê, dá alegria, uma satisfação genuína ou, como ela mesma disse, "uma saudade". Não é uma definição linda? Onde já se viu sentir saudades de alguém quando você acaba de encontrá-la? Mas, sabe que eu entendi? Entendi mesmo. Tem coisa que a gente só realiza quando vem ao nosso encontro. É assim com a saudade às vezes: só dá pra perceber que ela existia quando o objeto do afeto se materializa e dá aquele calorzinho no peito "e não é que eu estava com saudades?!".

Pensando assim, e pensando na minha querida Gil, eu me dei conta de como é bom ter atenção. Não é mimo, nem holofote besta de quem se acha bacana. É atenção mesmo, consideração, dedicação. É dispensar 2 minutos do dia para enviar um torpedo, mais 3 para fazer uma ligação, talvez 10 para um conversa mais longa. E eu adoro isso. Eu e toda a torcida do Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Flamengo e Fluminense juntas. É disso que vínculos são feitos, amizades mantidas, amores sempre acesos. É impossível manter qualquer sentimento sem cuidado. E a Gil é campeã nisso, tá sempre me surpreendendo. Tomara que eu aprenda com ela. Se eu gosto e as torcidas idem, mais gente deve gostar também ;)

Beijos, Gil. Thanks por tudo, pelo carinho e pela demonstração dele.

"Talvez, à noite
Quase-palavra que um de nós murmura
Que ela mistura as letras que eu invento
Outras pronúncias do prazer, palavra

Palavra boa
Não de fazer literatura, palavra
Mas de habitar
Fundo
O coração do pensamento, palavra"
(Chico Buarque)

2 comentários:

G. disse...

aprendemos juntas ........

Tahiana Andrade disse...

Sim... é muito bom receber atenção!

É a força das amizades raras que nos fazem pensar com mais profundidade na vida que levamos!

Beijos